Estudo de caso da Delta Air Lines
Customer Story

Céus mais claros adiante: veja como a Delta Air Lines aproveita o Alteryx para empoderar equipes

Saiba como a gigante do setor aéreo utiliza a automação analítica para impulsionar a manutenção de aeronaves para o futuro, evitando paralizações por períodos prolongados

Estudo de caso da Delta Air Lines

Principais estatísticas da Delta Air Lines

Setor: aéreo/turismo
Departamento: tecnologia/operações/manutenção
Região: América do Norte

de auditorias manuais para inspeções adequadas e capacidade para programar manutenções com relatórios automatizados

em operação com 34 centros de manutenção

do fluxo de trabalho economiza 750 horas anuais

Céus mais claros adiante: veja como a Delta Air Lines aproveita o Alteryx para empoderar equipes

A Delta Air Lines, um pilar da indústria aérea desde 1925, é reconhecida por ser uma referência no mercado, e nos últimos anos, isso se tornou ainda mais evidente. Em meio à pandemia de COVID-19 e paralisações no setor, Josh Leverich, responsável por auxiliar departamentos envolvendo sistemas de controle e manutenção das linhas de base da Delta TechOps, adotou o Alteryx para assegurar o futuro dos negócios e se manter à frente da curva.

"Quando a pandemia surgiu, demos um passo para trás para criar processos mais robustos que pudessem incluir analytics e automação, muitos deles utilizamos até hoje", disse Leverich, líder de projetos da Delta TechOps. No decorrer da pandemia, a principal missão do executivo era coletar, tratar e analisar dados, além de elaborar relatórios destinados à liderança para promover discussões e a tomada de decisões relevantes.

Um dos objetivos primordiais era aperfeiçoar o rastreamento manual para controlar os serviços de manutenção das aeronaves. Normalmente, quando um avião está fora de circulação, ele está em processo de revisão e assistência em algum centro de suporte. Isso pode ser rápido, com algumas horas de duração, ou até se estender por alguns dias. O grande foco de companhias aéreas como a Delta é aumentar a eficiência das inspeções, garantindo maior segurança para transportar passageiros aos seus destinos, além de maximizar a experiência do cliente e manter a conformidade com a Federal Aviation Administration (FAA).

Quando a pandemia surgiu, demos um passo para trás para criar processos mais robustos que pudessem incluir analytics e automação, muitos deles utilizamos até hoje.

Uma maneira eficaz para monitorar cronogramas de manutenção

Todas as manhãs, equipes de tecnólogos precisavam verificar os horários para a entrada de aviões ou "caudas", como são designadas a parte traseira da aeronave, em referência ao código exclusivo de 5 dígitos que serve como base de identificação. Quando necessário, grupos elaboravam programas para detalhar os procedimentos de manutenção exigidos individualmente. Cada profissional é responsável por cerca de 70 a 100 aeronaves e, até então, utilizavam planilhas para controlar o tráfego aéreo e volumes de trabalho.

O processo manual e desgastante costumava demorar uma hora por dia e se acumulava rapidamente ao longo do ano. Qualquer alteração no cronograma de manutenção provocava uma reação em cadeia na linha de trabalho. Além disso, após o vencimento de determinado prazo, equipes tinham dificuldades para fazer alterações nos agendamentos dos serviços. Ao perceber a situação, o primeiro projeto de Leverich foi automatizar o processo com o Alteryx Designer.

Dessa forma, foi possível detectar mudanças na programação, que algumas vezes passavam despercebidas manualmente, oferecendo mais tempo aos tecnólogos para analisar projetos relevantes. O fluxo de trabalho automatizado envia diariamente informações por e-mail sobre alterações nos calendários de revisão, contribuindo para garantir um planejamento adequado e sem contratempos, além de evitar atrasos, aumentar a eficácia e atender aos padrões de conformidade da FAA.

Sei que todos ficaram muito satisfeitos ao deixar de realizar auditorias pontuais diariamente.

Aumentando o futuro da segurança nos ares

Se um modelo específico deixou de passar por alguma unidade recentemente, as habilidades das equipes para concluir os serviços podem estar defasadas. Esse problema se agravou ainda mais durante a pandemia. "Muitas vezes, o encarregado do local nos informava que não havia previsto a chegada de aeronaves específicas e estavam desprevenidos. Tivemos inúmeras restruturações e saídas de equipes durante a COVID, de tal forma que as competências exigidas no passado eram completamente distintas. Antes, contávamos com mais profissionais para examinar a aeronave. Quando voltamos a ganhar força, percebemos os desafios."

Embora as diferenças entre um Airbus A321 e um Airbus A321neo sejam pequenas, como por exemplo um AMT A321 conhecer 99% de um A321neo, um curso de especialização de 3 dias seria obrigatório. "Agora imagine receber um Boeing quando estiver esperando um Airbus — o treinamento poderia levar semanas. No caso de gerentes de operações, é preciso tempo para preparar a tripulação."

Supervisões acontecem em todos os setores, mas podem envolver altos custos, especialmente para companhias aéreas. Se uma aeronave entra em manutenção, mas o trabalho não pode ser feito, ela é incapaz de operar as rotas previstas. A substituição de equipamentos pode significar mudanças na capacidade de assentos, alcance de voo, eficiência de combustível e muito mais — que podem implicar despesas adicionais para as empresas.

Pensando nisso, Leverich desenvolveu o segundo fluxo de trabalho no Alteryx, que estabelece o cruzamento automático entre os cronogramas atuais com centenas de dados históricos, detalhando as aeronaves que estiveram em hangares específicos. Assim, a área designada para a recepção do equipamento é habilitada para a operação. A maior preocupação do executivo era enfrentar obstáculos adversos, onde alguma falha poderia ocorrer, prejudicando passageiros e clientes.

"Uma boa maneira de descrever o que estamos desenvolvendo agora é uma prova para o futuro", explica Leverich, "tentando permanecer à frente da curva."

Com 34 centros de manutenção alinhados a 700 linhas de voos, o antigo processo dependia de verificações manuais das datas de entrada, auditorias e conhecimentos profundos. O novo fluxo de trabalho tenta corrigir essa incompatibilidade entre AMTs (aviation maintenance technicians) em locais de manutenção e rotas de voo, sobretudo com a normalização do tráfego aéreo. O objetivo é informar gestores com relatórios claros para entender se alguma aeronave visitou uma unidade de inspeção anteriormente, definir o tempo de permanência no solo e ajudar equipes de AMTs a priorizar os treinamentos necessários.

Tivemos inúmeras restruturações e saídas de equipes durante a COVID, de tal forma que as competências exigidas no passado eram completamente distintas. Antes, contávamos com mais profissionais para examinar a aeronave. Quando voltamos a ganhar força, percebemos os desafios.

O que vem a seguir?

Dados e analytics já demonstraram ser uma vantagem competitiva para a Delta Air Lines, ajudando a esclarecer negócios, agilizar processos e diminuir lacunas durante períodos de incertezas. Leverich vai continuar impulsionando o uso da automação e de recursos analíticos para auxiliar a empresa a otimizar fluxos de trabalho, além de se preparar para possíveis desafios no futuro.



Josh Leverich
Líder de projeto
Delta

Calcule o potencial do seu ROI

Utilize a calculadora interativa para estimar o valor da automação analítica em seus resultados financeiros.
trabalhadores em frente ao laptop
História do cliente Armor Express
História do cliente
Tempo de leitura: 5 minutos

Armor Express ajuda a proteger vidas com análises preditivas em operações de supply chain

A empresa reforçou a qualidade de modelos preditivos ao gerar dados em tempo real para influenciar as cadeias de suprimentos — economizando US$ 500 mil com a otimização de estoques.

Supply chain
Data science e machine learning
Fabricação
Leia agora
Carro de corrida da McLaren
História do cliente
Tempo de leitura: 5 minutos

Como a McLaren Racing impulsiona os dados para acelerar nas pistas

Com mais de 20 finais de semana no calendário da Fórmula 1, onde cada corrida gera cerca de 1,5 TB de dados, a capacidade de coletar, processar e agir com base nesses dados é crucial. A equipe da McLaren Racing utiliza a plataforma Alteryx Analytics Process Automation (APA) para impulsionar a tomada de decisões estratégicas dentro e fora das pistas.

Supply chain
Líder de analytics
BI/Analytics/Data science
Leia agora
report
História do cliente
Tempo de leitura: 5 minutos

7-Eleven alavanca insights internos com o Alteryx

Do pequeno ao grande consumo, a equipe tributária da 7-Eleven aumentou a eficiência em 60% com o Alteryx. Veja como eles conseguiram otimizar o processo.

Supply chain
Analista
Líder de analytics
Leia agora

Transforme seu analytics

Prepare-se para revelar insights ocultos em seus dados.