white pattern

Análise exploratória de dados

white pattern

Experimente gratuitamente por um mês

Aproveite mais de 300 blocos de construção com pouco ou nenhum código para descobrir insights poderosos.

Content

O que é data exploration?

Data exploration é uma das primeiras etapas do processo de preparo, que ajuda a entender os dados antes de começar a utilizá-los. Através de pesquisas e investigações, grandes conjuntos de dados são disponibilizados para análises mais profundas e estruturadas. A análise exploratória de dados (AED) é muito parecida, mas utiliza gráficos estatísticos e outros métodos de visualização de dados.‍

Por que a análise exploratória de dados é importante?

A exploração de dados permite compreender um conjunto de dados com mais profundidade, facilitando a navegação e o uso dos resultados no futuro. Quanto maior o conhecimento do profissional sobre os dados envolvidos, melhor será a capacidade de análise. O sucesso da exploração começa com o pensamento aberto, revela novos caminhos para descobertas e ajuda a identificar e aperfeiçoar possíveis questões e problemas analíticos.

Como funciona a análise exploratória de dados

Dados sem perguntas são simplesmente informações. Formular questões sobre os dados permite transformá-los em respostas. Dados contendo explorações e perguntas adequadas podem proporcionar um entendimento mais abrangente sobre o desempenho das operações e até mesmo oferecer habilidades preditivas.

R e Python são as linguagens mais comuns usadas para fins de exploração. A primeira funciona melhor para o aprendizado estatístico, enquanto a segunda contribui mais com o machine learning. A codificação não é necessária para a exploração de dados com plataformas sem código.

O processo de data exploration também é cada vez mais importante para lidar com sistemas de informação geográfica (SIG), já que muitos dados atuais são aprimorados com a localização.

Normalmente, a exploração de dados é feita em três etapas:


O processo de data exploration

Compreender as variáveis: a base para qualquer análise de dados começa com o estudo das variáveis. Uma leitura rápida sobre o nome das colunas é um excelente ponto de partida. Uma visão mais detalhada dos catálogos de dados, descrições de campo e metadados é capaz de oferecer insights sobre o significado de cada campo e ajudar a descobrir dados ausentes ou incompletos.

Análise exploratória de dados – compreender as variáveis

Detectar eventuais discrepâncias: outliers ou anomalias podem provocar o desvio da análise e distorcer a realidade de um conjunto de dados, por isso é importante identificá-los com antecedência. Visualização de dados, métodos numéricos, intervalos interquartis e análises hipotéticas são as técnicas mais conhecidas para identificar anomalias atípicas. Um diagrama de caixa, histograma ou gráfico de dispersão, por exemplo, facilita a visualização de dados fora dos padrões, enquanto um ponto z informa a distância do ponto de dados em relação à média. Após a identificação, um analista pode investigar, ajustar, omitir ou ignorar as discrepâncias. Independentemente da opção, a decisão deve ser observada durante a análise.

Análise exploratória de dados – detectar anomalias

Avaliar padrões e relações: organizar um conjunto de dados de diversas maneiras facilita a descoberta e o estudo de padrões e relações entre as variáveis. Por exemplo, uma empresa que explora dados de múltiplas lojas pode obter informações sobre o local, população, clima e renda per capita. Para estimar vendas em uma nova área, eles precisam determinar as variáveis que devem ser incluídas no modelo preditivo.

Análise exploratória de dados – avaliar relações

O futuro da análise exploratória de dados

O processo analítico já foi um domínio exclusivo de engenheiros que criavam códigos para a extração e exploração de dados. No entanto, esse cenário mudou. Hoje, a automação de processos analíticos (APA) coloca a análise ao alcance de todos. Isso ajuda organizações a aproveitarem ao máximo seus dois ativos principais: dados e pessoas. O acesso concedido pelo APA ajuda funcionários a concentrar esforços para verificar relações e padrões, ao invés de lidar com conflitos de dados.

Como começar com a análise exploratória de dados

A tecnologia transformou um processo normalmente demorado e complexo em algo simples, acessível e auditável. A plataforma Alteryx APA™ foi projetada com foco em análises de ponta a ponta e permite que empresas possam agregar dados com rapidez, detectar tendências e padrões, compreender variáveis, identificar anomalias e explorar relações entre um conjunto de dados, por meio de uma plataforma sem código.

Relatório
Relatório

Relatório da Thomson Reuters: o estado do setor corporativo fiscal em 2022

A tecnologia necessária para atender à crescente demanda da economia digital está impulsionando áreas tributárias em diversas frentes simultâneas.

Finanças
Thomson Reuters
Leia agora
imagem abstrata
História do cliente
Tempo de leitura: 5 minutos

Reconstruindo pagamentos multianuais de direitos trabalhistas com o Alteryx

A Grant Thornton identificou a necessidade de aprimorar processos na folha de pagamento, criando um modelo flexível, escalável e acessível para executar cálculos com mais precisão.

Finanças
Recursos humanos
Ásia-Pacífico
Leia agora
Cédulas de dinheiro
Blog
Tempo de leitura: 5 minutos

SoFi Bank otimiza a previsão de fluxo de caixa

Como fazer uma projeção de fluxo de caixa? Descubra como o SoFi Bank otimizou o processo.

Finanças
Líder de analytics
Líder de negócios
Leia agora

Kit de início do Intelligence Suite

Este kit de início fornece modelos para você iniciar sua jornada analítica avançada sem a necessidade de códigos, através da modelagem assistida (criação de modelos guiados por machine learning).
imagem