Blogs universais

Como analistas sobrevivem à pressão e descobrem novas soluções

Hoje em dia, um analista de dados oferece serviços indispensáveis para os negócios: alavancar a tomada de decisões estratégicas com insights relevantes. E deve fazer isso enquanto lida com prazos inviáveis, exigências rigorosas e gargalos de TI.

As QUATRO principais funções de um analista

  • Dados: localizar e filtrar
  • Padrões: identificar e evidenciar
  • Relatórios: interpretar e apresentar
  • Colaboração: interagir e informar

A realidade, no entanto, é que nem todos os analistas promovem avanços nessas áreas e desperdiçam oportunidades de entregar informações valiosas às partes interessadas. Pelo contrário, eles gastam 80% do dia no preparo de dados para análises e relatórios básicos, e tempo insuficiente para revelar percepções acionáveis. Você é assim?

Vamos detalhar um dia típico na vida de profissionais que dispensam o uso da análise self-service e apontar você na direção daqueles que já ultrapassaram processos lentos e legados.

Um dia na vida de um analista de dados antes da análise self-service

Talvez você tenha mergulhado na análise pela paixão por solucionar problemas. Mas, na prática, sua jornada é consumida pelo tempo excessivo nas etapas preliminares, ao invés da execução concreta, tornando difícil a descoberta de insights inéditos.

Segundo o relatório da IDC "O cenário atual da data science e do analytics", profissionais de dados perdem semanalmente 44% do tempo devido ao fracasso nas atividades.

Empresas, instituições e clientes exigem resultados analíticos em tempo real, e não no futuro. Até mesmo quando o trabalho requer horas prolongadas, é impossível concluir a lista de tarefas sem utilizar o analytics moderno. Imagine os esforços para manter uma vida pessoal!

Segundo o relatório da IDC "O cenário atual da data science e do analytics", 44% do tempo dos profissionais de dados é desperdiçado semanalmente devido ao fracasso nas atividades.

7:50

Você chega cedo a fim de coletar dados específicos para o relatório geral da equipe de liderança para uma reunião prevista às 10h. No entanto, fica preso aguardando a métrica principal feita por um colaborador de outro departamento.

9:59

No último minuto, você encaminha as informações para seus gestores. Um membro da equipe executiva responde imediatamente, solicitando sua presença na reunião para orientá-los sobre as conclusões. "Não se preocupe, vai ser rápido."

12:00

A reunião da liderança finalmente termina, em grande parte porque estômagos começaram a roncar. Todos adoraram suas métricas, mas estavam ansiosos para debater possíveis cenários com base nos dados — e agora você está duas horas atrasado.

12:20

Após um almoço rápido, quase sem tempo para mastigar, você retorna à principal tarefa do dia: o relatório mensal para mensurar a geração de leads. Você se prepara para dedicar as próximas horas na extração de dados contidos em planilhas, Google Analytics, Kissmetrics, banco de dados personalizado — inclusive troca de e-mails — para concluir o processo.

14:00

Você nota algumas similaridades com base na localização dos dados. Se pudesse criar uma sobreposição de dados geoespaciais, esse relatório passaria de impressionante para extraordinário — mas também levaria mais três dias aplicando o processo existente, o que torna impossível desenvolver um SIG e o obriga voltar ao cruzamento de dados.

16:00

Você procura uma das partes interessadas em outro departamento porque as métricas indicam uma versão diferente daquela apresentada por seus dados. Para identificar o problema, você precisa fazer uma reunião breve na outra extremidade do escritório. Você determina onde está o erro e reimporta os respectivos dados.

17:00

Você segue acompanhando ao lado de cientistas de dados internos sobre o modelo preditivo que não apresenta o resultado esperado. Sem conhecimentos de codificação, você é incapaz de detectar o problema.

17:45

Após a explicação de um especialista, você compreende o modelo de forma clara e como aplicá-lo nesse momento — mas talvez não consiga replicá-lo no futuro.

19:00

Hora de ir embora. Você precisa escolher entre jantar, praticar exercícios ou qualquer outra atividade para espairecer, mas sobretudo o relatório mensal finalmente está pronto. Você segue em direção ao estacionamento quase vazio. E reflete como o relatório poderia ter ficado melhor se o tempo não tivesse sido consumido pelo preparo e combinação dos dados. Talvez amanhã seja diferente.

Sua organização confia em você para esclarecer questões com maior exatidão.  É imprescindível obter respostas específicas porque elas influenciam diretamente a tomada de decisões estratégicas.   Ao suportar a pressão dessa responsabilidade, pode ser complicado apenas sobreviver, quanto mais prosperar. Execute com sucesso e será reconhecido pelo perfil arrojado.

Uma nova era para analistas com análises self-service

Qualquer gerente de projeto ou expert em eficiência operacional pode afirmar que o segredo para reduzir pela metade ou mais o tempo de preparação são as capacidades de agilizar e reproduzir os fluxos de trabalho. Você necessita acesso rápido aos dados disponíveis, ferramentas intuitivas que permitem executar tarefas preliminares consistentes, e habilidade para aplicar o analytics avançado com recursos de arrastar e soltar.

Se quiser descobrir como os verdadeiros analistas transformam seus processos, reunimos a lista das principais abordagens aqui.

Fique AQUI.

Assista

Este vídeo mostra como analistas ultrapassam fronteiras entre o preparo manual de dados e a manipulação de planilhas para desencadear todo o potencial analítico.

Escrito por
Alteryx logo

Alteryx

Líder em Analytic Process Automation (APA)
imagem
Blog
5 min to read

Leaders Recognize the Benefits of Governance and Oversight

Leaders recognize the connection between Analytics Automation and Digital Transformation Success.

Supply chain
Líder de analytics
Líder de negócios
Leia agora
Two men with computers
Blog
5 min to read

Leaders Manage Analytics Automation Together With Their Business Intelligence and Data Science Teams

Three-Part Series.

BI/Analytics/Data Science
Líder de analytics
Líder de negócios
Leia agora
Blue pattern in sand
Blog
5 min to read

Breaking the Bias

Prioritizing equity and belonging in the workplace differentiates innovative businesses from businesses satisfied with the status quo.

Analista
Líder de analytics
Líder de negócios
Leia agora