Edifício com iluminação dourada
Blog INPUT da Alteryx

Todos os dados possuem valor

A análise de dados é a força motriz para gerar uma verdadeira mudança social.

Edifício com iluminação dourada
Muitas pessoas pensam que a análise de dados é exclusivamente baseada em fatos, sem nuances e sutilezas. Quando compartilhamos dados, não há espaço para discussões ou debates. Algo que impossibilita o diálogo. São apenas gráficos, tabelas, números e a única fonte da verdade.
Entretanto, considerar os dados sob essa perspectiva impede de reconhecer o potencial que eles possuem para desmistificar questões extremamente complexas e, muitas vezes, emocionais. Sim, isso mesmo: estamos falando de questões emocionais. Isso porque a análise de dados não se limita a gráficos, tabelas e apenas cálculos precisos. Na verdade, ela é uma das principais ferramentas disponíveis para abordar alguns dos desafios mais delicados e centrados nas pessoas. E num cenário cada vez mais polarizado, ela pode ser a peça-chave para restaurar a confiança e ajudar a sociedade a discutir até os temas mais controversos.
"Acredito que precisamos de mais dados,… mesmo para esclarecer aspectos que possam ser desagradáveis", diz o respeitado físico teórico, o Dr. Michio Kaku. "Devemos inclusive abordar os pontos de dor porque a verdade nos liberta."
Dr. Michio KakuDr. Kaku durante participação no Alter.Next, onde debateu temas como o potencial da próxima década analítica e os principais impactos nos negócios.

Recentemente, o Dr. Kaku, autor best-seller e professor do City College of New York, conversou conosco sobre como os dados podem ser usados para impulsionar resultados de negócios revolucionários, porém mais importante ainda, para gerar mudanças positivas e impactantes em todo o mundo. Seja para reduzir a taxa global de pobreza, construir um planeta mais sustentável ou diversificar os ambientes de trabalho, Kaku enfatiza que os dados são a força motriz para o desenvolvimento de verdadeiras transformações sociais.
"Imagine uma pilha de dados estatísticos e planilhas chatas e desgastantes. É isso que visualizamos quando pensamos em dados", diz ele. "Agora, quero que você mude o seu pensamento. Daqui em diante, quando você ouvir a palavra dados, imagine uma mina de ouro: uma fonte preciosa, onde pepitas de ouro puro estão simplesmente aguardando para serem extraídas."
Entre essas pepitas de ouro, estão discussões sobre humanização das mudanças climáticas com dados confiáveis e personalizados, para que mais pessoas consigam compreender como o aumento do nível do mar e do aquecimento global poderão afetar seus filhos e netos. Até mesmo sem ignorar oportunidades valiosas que "dados ruins" possam oferecer, como por exemplo, informações capazes de revelar a diversidade ou a falta de especialização da sua força de trabalho. Mesmo quando se trata de algo constrangedor, Kaku alega que é fundamental nos mantermos atentos e, em alguns casos, tentar descobrir mais.
"Você consegue imaginar solucionar problemas de racismo e pobreza se fecharmos os olhos para tudo isso?", questiona ele. "É justamente por esse motivo que insisto que precisamos de dados mais diversificados de todas as camadas da sociedade."
Apesar de serem apontados como a única fonte da verdade, além de fornecer uma quantidade ilimitada de insights e tendências, os dados também representam agentes catalisadores para lidar com temas polêmicos. Eles ajudam a fomentar discussões profundas sobre diversos assuntos e questões sociais, que normalmente carregam grandes emoções e conscientizam sobre aspectos obscuros, mas podem ser beneficiados através de análises mais abrangentes e detalhadas. Embora enfrentar essas fragilidades nem sempre seja uma tarefa fácil ou agradável.
"Essa é a parte árdua. A dificuldade não é exaltar a qualidade dos dados ou as virtudes de uma sociedade centrada no ser humano. A parte mais difícil é a sinergia. A sinergia entre como os dados podem ajudar os valores humanos e como tais valores podem contribuir para aperfeiçoar nossa interpretação das informações", acrescenta ele. "Precisamos trabalhar para desenvolver uma compreensão melhor nesse ponto, porque esses dois pilares favorecem todas as pessoas envolvidas. As pessoas que promovem valores centrados no ser humano conseguem aprender juntas a criar uma percepção mais ampla do verdadeiro problema."
Assista à íntegra da conversa com o Dr. Kaku e confira também o replay completo do encontro virtual Alter.Next.


Escrito por
Tiffany Apczynski
Tiffany Apczynski
Vice-presidente de responsabilidade social corporativa
Padrão laranja
Blog
Tempo de leitura: 5 minutos

Os 5 estágios de maturidade analítica

Conheça os cinco estágios de maturidade analítica e faça uma avaliação para determinar o seu posicionamento.

Líder de negócios
Líder de analytics
Alteryx Platform
Leia agora
Money bills
Blog
Tempo de leitura: 5 minutos

SoFi Bank otimiza a previsão de fluxo de caixa

Como fazer uma projeção de fluxo de caixa? Descubra como o SoFi Bank otimizou o processo.

Finanças
Líder de analytics
Líder de negócios
Leia agora
Documentos fiscais
Blog
Tempo de leitura: 5 minutos

Impostos corporativos + planilhas = negócio arriscado?

Descubra como departamentos fiscais podem se posicionar para se transformarem em ativos estratégicos nos negócios.

Finanças
Líder de analytics
Líder de negócios
Leia agora

Receba mais INFORMAÇÕES na sua CAIXA DE ENTRADA

palestrante