Câmera de vigilância em construção
Blog INPUT da Alteryx

Por que a ética deve fundamentar a análise?

A filosofia e a análise devem caminhar juntas. O professor Yuval Noah Harari revela o porquê e como isso acontece.

Câmera de vigilância em construção

Durante o Alter.Next 2022, o professor Yuval Noah Harari — historiador, filósofo e autor best-seller, esteve conosco para discutir a integração da ética no tratamento de dados e análises. Confira alguns dos principais temas abordados pelo autor da trilogia "Sapiens" no resumo da entrevista.

Considerado um dos maiores intelectuais do século 21, Harari ganhou reconhecimento ao debater sobre o impacto da tecnologia na sociedade contemporânea. O historiador israelense já conquistou inúmeros prêmios pelo pensamento crítico e ideias provocadoras, e suas obras são recomendadas por grandes nomes da inovação como Bill Gates e Mark Zuckerberg, além de líderes políticos como Barack Obama.  
AYX: Você afirma que ao possuir controle dos dados, as pessoas podem causar profundos impactos na sociedade. E considera os programadores e engenheiros como os filósofos da evolução humana. Poderia explicar melhor o que isso representa?
Professor Harari: Imagine um veículo autônomo. Quando uma criança pula na frente desse carro e a única maneira de evitar um acidente é desviar para o lado e atropelar uma idosa, ou arriscar matar o dono do veículo enquanto dorme no banco traseiro — como o sistema vai se comportar?
Para colocar um carro que dirige sozinho na estrada, os programadores precisam tomar decisões. Eles precisam programar o algoritmo. O surpreendente é que em 99% do tempo, os algoritmos executarão apenas as funções determinadas pelos programadores, então a responsabilidade se torna consideravelmente maior. 
AYX: Quais são os riscos associados aos dados e às análises? Quais são as consequências negativas mesmo quando temos boas intenções?
Professor Harari: Existe o potencial das ditaduras digitais — um novo tipo de regime na história humana, capaz de rastrear pessoas durante 24 horas por dia, analisar seus dados e, com base nisso, desenvolver um sistema de sociedade totalitária sobre o qual não há privacidade, inclusive dentro dos limites da consciência, porque é possível identificar pensamentos e emoções.
Um perigo ainda maior é o colonialismo de dados. Para conquistar um país, não é necessário enviar um exército. Basta conseguir extrair os dados. Imagine uma situação em que informações de boa parte do mundo são coletadas e enviadas para um centro imperial a fim de criar tecnologias sofisticadas, IA, algoritmos e máquinas inteligentes, que em seguida são comercializadas às próprias colônias.
Atualmente, observamos essa situação se desdobrando de forma acelerada e o potencial desses cenários é bastante assustador. Isso não é algo natural. Tudo depende das decisões tomadas por pessoas, engenheiros, técnicos e empresários.
AYX: O futuro da humanidade corre perigo com a tecnologia?
Professor Harari: Não, o perigo está em não tomar as decisões corretas sobre como utilizar as tecnologias. As pessoas podem usar uma faca para cometer um crime, cortar salada ou salvar uma vida. A faca não força ninguém a fazer isso ou aquilo.
O mesmo vale para a tecnologia. IA, big data e mecanismos de monitoramento podem ser explorados para criar as piores sociedades totalitárias da história, ou as mais igualitárias e prósperas da humanidade. Depende apenas das pessoas. Somos os maiores responsáveis. Podemos determinar que tipo de ferramentas estamos criando.
A questão principal é como aproveitar esse tipo de poder?
AYX: Em um mundo em constante mudança, é possível simplificar a aprendizagem de novos conceitos?
Professor Harari: Para os indivíduos, há limitações em relação ao quanto podemos mudar somente por conta própria. Mas quando nos conectamos com outras pessoas, podem ocorrer mudanças significativas porque muitas vezes dependemos de estranhos para sobreviver. Ninguém é obrigado a descobrir como fazer tudo sozinho.
Acredito que a principal habilidade consiste em se conhecer melhor, saber quem você realmente é, e entender o equilíbrio entre a parte física e mental.  Porque, devo enfatizar, esse também é o segredo para evoluir ao longo da vida e aumentar a segurança contra manipulações cada vez mais agressivas.



Gostaria de reviver a experiência do Alter.Next 2022?

Baixe a versão on-demand.

Escrito por
Alteryx logo

Alteryx

Líder em Analytic Process Automation (APA)
Women throwing colorful chalk
Blog
5 min to read

Lead by Example

Celebrating mentorship through the experiences of Alteryx’s 2022 Women of the Channel winners .

Analista
Líder de analytics
Líder de negócios
Leia agora
imagem
Blog
5 min to read

Leaders Recognize the Benefits of Governance and Oversight

Leaders recognize the connection between Analytics Automation and Digital Transformation Success.

Supply chain
Líder de analytics
Líder de negócios
Leia agora
Two men with computers
Blog
5 min to read

Leaders Manage Analytics Automation Together With Their Business Intelligence and Data Science Teams

Three-Part Series.

BI/Analytics/Data Science
Líder de analytics
Líder de negócios
Leia agora

Receba mais INFORMAÇÕES na sua CAIXA DE ENTRADA


palestrante